quinta-feira, outubro 03, 2013

UM VOVÔ AGITADO



Inicio eletrizante! Quinze minutos frenéticos e de excelente futebol por parte de ambas as equipes. Fluminense iniciou o clássico com uma escalação que a muito não se via. Felipe, Wagner e um Biro-biro encapetado partiram para cima do adversário ignorando o que parecia uma regra de jogar bem somente no segundo tempo. Uma triangulação logo aos dois minutos e o tricolor abriu o placar com um belo tento.

A zaga tricolor dava indício que o jogo não seria zero a zero.

Fluminense não recuou.

Antes do empate alvinegro com um gol sem querer querendo, Biro-Biro teve a chance de ampliar, mas a empolgação do menino em se consagrar num jogo desse porte fez com que isolasse a bola por cima da meta do bom arqueiro alvinegro. A meu ver Jean se sairia melhor na lateral direita do que o novato Rafinha, mas aposta foi válida. O menino foi bem na parte ofensiva, mas deixava espaços na defensiva onde o botafogo se criava. Seedorf, experiente que só, explorava isso bem.

O time alvinegro é muito bem armado. Gostei do que vi, apesar de exagerar nas faltas em certos momentos. Sua parte defensiva saiu toda com cartão amarelo e poderia ter saído com um cartão vermelho que não seria exagero da parte do juiz. Fluminense marcou tão bem as cabeças pensantes que o time de General Severiano não conseguiu impor seu toque de bola veloz e alçava mais bolas na área que eram interceptadas pela defensiva tricolor.

Dessa vez o Fluminense foi para o intervalo sem vaias, mas com aplausos. Aplausos esses que impulsionaram meu querido tricolor para que tentasse a vitória a todo custo. Pressionamos, tentamos de todo o jeito, mas ou batia no paredão formado pelo recuo alvinegro ou parava na má pontaria do ataque tricolor.

Saí do Maracanã satisfeito com o time tricolor. Claro e evidente que queria a vitória, mas o time mesmo com suas limitações jogou para cima do adversário do jeito que o torcedor gosta de ver, sem medo ou receio. Pela posição na tabela o time alvinegro da zona sul mostrou muito pouco. Em certos momentos do jogo foi acuado em seu campo. Evidentemente que criaram, mas levaram pouquíssimo perigo na segunda etapa.

Usando as palavras de um poeta: Clássico é clássico e vice e versa. O empate até que ficou de bom tamanho, já que no futebol justiça é uma palavra que passa longe das quatro linhas.


Com esse espirito, essa determinação mostrada pelo time tricolor nada nos impede de sonhar. E usando os versos da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel : Sonhar não custa nada ou quase nada...

2 comentários:

  1. Gostei do jogo.. Fluminense lutando pra conseguir ficar no lugar que merece e Botafogo lutando pra não perder o lugar pro Fluminense. Time com postura totalmente diferente do inicio do campeonato. Dá pra alcançar o objetivo.

    ResponderExcluir
  2. BOA TARDE, EU GOSTO DO SEU BLOG POR QUE VOC~E RETRATA COM HONESTIDADE COMO FOI O JOGO, VC FALA DO JOGO, ISSO É IMPORTANTE, E É BEM MELHOR QUE MUITOS COMENTARISTAS SACANAS QUE TEM POR AI, PAIXÃO E TORCER, POR FORA, MAS O JOGO FOI ISSO AI. ESQUECEU DE DIZER, LUXA MATOU OSVALDO, COM O GAROTO BIRO BIRO INFERNIZANDO PELA DIREITA. ISSO FOI VISÍVEL.

    ResponderExcluir

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.