segunda-feira, junho 20, 2016

CRÔNICA DA APATIA



Dois sentimentos estão se tornando muito comuns infelizmente no mundo de nós tricolores.

O primeiro sentimento é o que se abateu sobre o clube desde 2013: A APATIA.

Ontem no jogo contra o Sport começamos o jogo bem mas ao longo da partida a equipe se perde em meio de uma apatia tosca e permite que o adversário inteiramente dominado cresça e mesmo inferiorizado emocionalmente consiga chegar ao seu gol que o revitaliza.

Daí pra frente começa o festival de bizarrices, principalmente da nossa defesa que ontem como disse minha amiga Elaine Maria, estava em estado de calamidade pública.

SPORT SE APROVEITOU DA APATIA DO FLU
O segundo tempo segue e conseguimos equilibrar de novo as ações e até conseguimos empatar a partida mas logo em seguida com o adversário novamente dominado, sofremos o segundo gol.

Derrota dolorida, pois se tivéssemos tido mais gana de vencer, venceríamos fácil...

A outra faceta do nosso clube é bipolaridade de nossa torcida. Na quarta éramos candidatos ao título, G4, zaga muito bem e Levir mito. No domingo a mesma equipe é candidata ao Z4, não chegará a 40 pontos, zaga horrível e Levir Burro.

Eu fico muito preocupado com esse tipo de pensamento e esse tipo de juízo ainda na nona rodada. É claro que devemos nos preocupar com o time. Ontem foi patético a forma como fomos derrotados. O Sport era uma equipe medrosa em campo e o Fluminense não soube e não teve competência de se impor. 

Enfim o que quero dizer, é o que sempre digo. Devemos cobrar sim melhores resultados e principalmente escrachar todas as coisas erradas cometidas por essa pífia diretoria, porém, acredito que a equipe não deve nada a nenhuma equipe desse campeonato.

VAI OU NÃO VAI?
O que vai diferenciar uma equipe da outra será a organização tática e principalmente vontade de vencer, coisa que nossa equipe ontem esteve longe de ter...
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
FICHA DO JOGO

SPORT 2 X 1 FLUMINENSE
Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data/Hora: 19/6/2016, às 16h
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Auxiliares: Danilo Manis e Rogerio Zanardo (SP)
Cartões amarelos: Renê, Samuel Xavier (SPT)
Gols: Gabriel Xavier, 40'/2ºT (1-0); Magno Alves, 39'/2ºT (1-1); Diego Souza, 45'/2ºT (2-1)

SPORT: Magrão, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Serginho (Clayton, 40'/2ºT), Everton Felipe (Lenis, 16'/2ºT), Gabriel Xavier e Diego Souza; Edmilson (Rodrigo Mancha, 26'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Jonathan (Giovanni, intervalo), Gum, Henrique e Wellington Silva; Douglas, Edson (Dudu, 37'/2ºT), Cícero, Gustavo Scarpa e Marcos Júnior; Richarlison (Magno Alves, intervalo). Técnico: Levir Culpi

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 ATUAÇÕES.

DIEGO CAVALIERI - Em seu 300 jogo pelo Flu foi traído pela atuação da defesa. Não teve culpa nos gols do Sport e não fez grande defesas. NOTA 6

JONATHAM - Chegou pouco ao ataque, teve problemas na marcação e foi sacado por Levir Culpi no intervalo. NOTA 4

GUM - Teve falhas de posicionamento que não costuma apresentar, além da dificuldade habitual na saída de bola. NOTA 2

HENRIQUE - Péssima atuação. Deixou Gabriel Xavier livre para cabecear e também falhou no gol de Diego Souza no fim. NOTA 1,5

WELLINGTON SILVA - Começou na esquerda e teve dificuldade com o pé esquerdo. Mudou de lado e seguiu sem finalizar bem as jogadas. NOTA 4

EDSON - Errou a maioria dos passes e não conseguia dar andamento as jogadas, o que irritou Levir. NOTA 2

ATUAÇÃO DESASTROSA DA NOSSA ZAGA ONTEM

DOUGLAS - Teve bons momentos na chegada à área adversária e ajudou no domínio que o Flu teve em uma parte do segundo tempo. NOTA 6,5

CÍCERO - Insistiu em levantar bolas na área adversária e errou algumas saídas de bola, levando perigo ao gol de Cavalieri. NOTA 4


GUSTAVO SCARPA - Sobrecarregado na criação do Fluminense, não teve sucesso na maioria das jogadas que tentou. NOTA 3,5

MARCOS JÚNIOR - Movimentou-se bastante para fugir da marcação e cresceu com as entradas de Dudu e Magno Alves. Deu bons passes. NOTA 6

RICHARLISON - Não soube o que fazer com a bola enquanto esteve em campo. Foi substituído no intervalo da partida. NOTA 4
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ENTRARAM:

DUDU - Deu mais criatividade ao meio-campo do Flu, que melhorou no segundo tempo. NOTA 6

GIOVANNI - Chegou com mais qualidade pelo lado esquerdo, mas também não teve sucesso nas conclusões das jogadas.  NOTA 6

MAGNO ALVES - Entrou e deu outra cara para o ataque do Fluminense. Antes de marcar, já havia acertado a trave de Magrão. NOTA 7,5

LEVIR CULPI - As alterações melhoraram a equipe, que apresentou muitas falhas defensivas e dificuldade na criação.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
LINK DO JOGO: https://www.youtube.com/watch?v=KwnWEPw2S94

SAUDAÇÕES TRICOLORES!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.